Entregas Acontecendo Normalmente

Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores


Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores

 

 Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores

O tempo dispensado ao cuidado das orquídeas pode ser reduzido a quase nada quando elas são plantadas em árvores. Isso porque esse é o habitat natural delas.
É importante frisar que, só podem ser plantadas em árvores orquídeas epífitas.
Por isso deve-se pesquisar o tipo de hábito vegetativo, pois as orquídeas podem ser epífitas, terrestres (crescem sob o solo) e rupícolas (são de ambientes formados por pedras e rochas).
Mas voltando…
A escolha da árvore é importante. Abaixo Buscaremos instruir como ter o cuidados com as orquídeas plantadas em árvores.

TIPO DE CAULE
Opte por árvores com troncos rugosos e ásperos.
Árvores frutíferas cítricas como a laranjeira, o limoeiro e a mexiqueira, são ótimas para essa finalidade, pois possuem nervuras que facilitam a fixação das raízes da orquídea.
Fique alerta para, não escolher árvores cujos troncos soltem a casca em determinadas épocas do ano.


 Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores

Evite também, plantá-las em trocos que produzem alguma substância, como é o caso de alguns pinheiros, que apresentam uma resina na casca.

LUMINOSIDADE
Outro ponto importante com o cuidados com as orquídeas plantadas em árvores é a LuminosidadeÁrvores mais frondosas são mais indicadas para orquídeas que gostam de pouca luminosidade, que são conhecidas também como orquídeas de meia sombra, como é o caso da Miltonia, da Oncidium e da Phalaenopsis.
Árvores com uma copa menor e com menos volume de folhas, que facilitam o acesso a luz solar, devem receber orquídeas que apreciam maior luminosidade, como é o caso
das: Cattleya, Dendrobium, Laelia, Vanda, Catasetum e Cyrtopodium.

UMIDADE
A natureza se encarregará inclusive de molhar a sua orquídea, pois ela receberá não só a água da chuva, como a umidade do orvalho. Mas em dias muito quentes e secos, a rega manual deverá ser feita, pois as orquídeas não suportam longos períodos sem água.

NUTRIENTES
A orquídea consegue obter nutrientes através da casca da árvore (que absorve poeira, fezes de animais, folhas em decomposição…), mas mesmo assim, é recomendada a adubação quinzenal com adubo químico, para que sua planta fique mais saudável e bonita.
Nas árvores, se você não adubar, sua planta possivelmente irá florir, pois, como disse, irá capturar nutrientes da natureza, mas talvez tenha menos flores e de tamanhos menores. Portanto complementar a adubação, é aconselhável sempre.

Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores

CUIDADOS IMPORTANTES
Assim que você fixar a sua orquídea na árvore escolhida, regue-a com água em abundância, use um regador ou a mangueira para isso.
Se não faltar água, ela se desenvolverá rapidamente, por isso, aconselho a regar todos os dias nas primeiras semanas.
A orquídea se adapta rapidamente às novas condições e em poucos meses estará bem fixada.
Como recomendei a cima, a adubação química poderá ser feita quinzenalmente e inclusive após o plantio na árvore.

Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores

Passar a adubar com adubo orgânico é recomendado somente após perceber que a orquídea está “abraçando a árvore”, ou seja, após o enraizamento e fixação da planta.
Para isso, você pode colocar a quantidade de adubo recomendada no rótulo, em uma trouxinha feita com gaze ou atadura, e fixá-la entre a orquídea e a árvore. Isso irá garantir seu crescimento saudável.

A escolha de um tutor vivo
O melhor ambiente para criar as suas orquídeas é o mais próximo possível às como elas vivem na natureza.
Por isso, o melhor substrato, são as árvores, mas é preciso ter cuidado com a escolha.
É importante que a árvore escolhida tenha uma casca áspera ou rugosa. Nenhuma orquídea gosta de casca lisa, como a da areca, elas possuem uma espécie de resina que dificulta o enraizamento das orquídeas.

Para você se inspirar:

Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores

Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores

Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores

Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores

Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores

Para prendê-las na árvore, suas raízes precisam ser bem limpas, pois assim irão se fixar melhor no tutor.
Amarre com Amarril de dois arames encapado, os finos machucam as raízes, de forma que ela fique firme, mas não aperte demais para não machucar a planta.

Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores
Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores

Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores

Dica: Use um substrato temporário, como o musgo Sfagno, encontrado em nosso site. O substrato temporário protegerá as raízes da exposição ao tempo e as manterão com um pouco de umidade. Observe sua planta, surgindo raízes novas (verdes), é sinal de que está tudo indo bem, mas se você perceber folhas rugosas (foto abaixo), isso indica sinal de falta de água.

Cuidados com as orquídeas plantadas em árvores

Folha ressecada indicação de falta de água, outro sintoma é: raízes pequenas e em pouca quantidade. Essa planta será transferida para uma incubadora, para tentar se recuperar.
Quando estão fixadas em árvores, as orquídeas gostam de regas diárias. Na primeira semana de transplante para a árvore, você deve molhar, preferencialmente, no início da manhã e no final da tarde, pois ela precisará de mais regra.
Em até 3 meses, a planta já começará a fixar as suas raízes, mas somente entre 12 meses e 18 meses, ela estará presa sem precisar do suporte do Amarril.
É importante que você coloque musgo Sfagno para proteger as raízes.
Adubo pode ser quinzenal ou mensal, mas mantenha uma regra. Não adube no sol, opte em adubar no final da tarde, após às 16h, para evitar queimar a planta.

Estas foram as dicas de como ter o cuidados com as orquídeas plantadas em árvores.


Compartilhe